Preparando o Ubuntu para múltiplos ambientes ruby utilizando RVM


Recentemente o Fábio Akita publicou um excelente artigo sobre instalação do RVM no Snow Leopard em seu blog. Com base no artigo dele, escrevi esse, que ensina a instalar o RVM para Ubuntu. Nesse artigo, pretendo demonstrar passo-a-passo como instalar um ambiente de programação ruby funcional e produtivo no Ubuntu. Não deixem de compartilhar caso vocês tenham alguma sugestão que vocês achem produtiva para ruby no Ubuntu.

Preparando o Ubuntu

Primeiramente, vamos atualizar o sistema:

> sudo apt-get update
> sudo apt-get upgrade

Agora vamos começar a instalar os pacotes que são pré-requisitos e o git. Os pacotes essenciais são instalados da seguinte forma:

> sudo apt-get install build-essential zlib1g-dev libssl-dev libreadline5-dev
> sudo apt-get install curl sun-java6-jdk
> sudo apt-get install ruby rubygems

e os do git, assim:

> sudo apt-get install git-core git-doc git-svn git-gui gitk

Instalando e configurando o RVM

Com os pré-requisitos instalados, agora já podemos instalar o rvm e montar os ambientes rubies. Para isso, instale a gem do rvm:

> sudo gem install rvm
> /var/lib/gems/1.8/bin/rvm-install

Apos terminar a instalação do rvm, é necessário configurar o .bashrc. Para isso, execute o comando:

> sudo gedit ~/.bashrc

e insira o seguinte trecho no final do arquivo:

if [[ -s $HOME/.rvm/scripts/rvm ]] ; then
 source $HOME/.rvm/scripts/rvm
fi
export PS1='\w `/usr/local/rvm/bin/rvm-prompt i v` `git branch 2> /dev/null | grep -e ^* | sed -E s/^\\\\\*\ \(.+\)$/\(\\\\\1\)\ /`\[\033[37m\]$\[\033[00m\] '

Instalando os ambientes ruby

Nesse ponto é necessário reabrir o console (para atualizar o path) e instalar os ambientes (cada ambiente demora alguns minutos para ser instalado):

> rvm install ree
> rvm install 1.9.1
> rvm install jruby

Caso queira listar todos os ambientes suportados, utilize o comando:

> rvm list known

Com os ambientes instalados, execute o comando a seguir para instalar o rails em todos os ambientes de uma só vez (esse comando demora, aproveite para um cafezinho :D):

> rvm gem install rails

Pronto! a configuração principal do ambiente esta finalizada. Comandos básicos para manipular os ambientes no RVM Para listar os ambientes instalados, use:

> rvm list

Para alterar o ambiente padrão, use:

> rvm [nome do ambiente] --default

Para trocar o ambiente ativo, use:

> rvm [nome do ambiente]

Uma descrição detalhada do uso do rvm pode ser encontrada aqui.

Instalando o Netbeans – Ruby (opcional)

Agora instalaremos a versão do Netbeans 6.8 para ruby. Para isso, acesse o site http://netbeans.org/downloads/ e faça download da distribuição para ruby (aprox. 91mb). Após o download, entre no diretório onde salvou o pacote do Netbeans via terminal e digite:

> cd Downloads/
> chmod 775 netbeans-6.8-ml-ruby-linux.sh
> ./netbeans-6.8-ml-ruby-linux.sh

Uma interface gráfica abrirá. Basta seguir os passos e aguardar a conclusão do processo de instalação. Com o RVM, rubies e Netbeans instalados, o ubuntu ja esta muito bem preparado para iniciarmos nossa exploracao em ruby e ruby on rails. Lembrando que ainda falta baixar suas gems favoritas e comecar a brincar! Uma sugestão de duas gems que ja usei e gostei bastante: memoize (aplica a tecnica de memoization, um tipo de cache para metodos) e hpricot (analisa texto, xml e html utilizando regex).

Anúncios

~ por barenko em 19/01/2010.

13 Respostas to “Preparando o Ubuntu para múltiplos ambientes ruby utilizando RVM”

  1. Boa noite Barenko!

    Na verdade, o script “rvm-install” deve ser executado pelo usuário sem o “sudo”, para que ele possa montar a estrutura de diretórios em “~/.rvm”.

    Abraços!

  2. Acrescentando, o comando “rvm” também deve ser executado sem o “sudo” =)

  3. Valeu, foi muito útil para minha nova instalação no Ubuntu 9.10.
    Obrigado.

  4. […] meu Ambiente de Desenvolvimento” e para instalar no Ubuntu segui o post do Barenko “Preparando o Ubuntu para múltiplos ambientes ruby utilizando RVM” que é mais ou menos uma “tradução” do post do Akita para Ubuntu. Deixei tudo igual […]

  5. Parabéns pelo post, ajudou pra caramba.
    Postei uma melhoria para o prompt do bash ficar visualmente mais intelegível em:
    http://mauriciodeamorim.com.br/2010/03/16/prompt-bash-para-rvm/

    Abraço.

  6. no lugar da linha

    export PS1=’\w `~/.rvm/bin/rvm-prompt i v` `git branch 2> /dev/null | grep -e ^* | sed -E s/^\\\\\*\ \(.+\)$/\(\\\\\1\)\ /`\[33[37m\]$\[33[00m\] ‘

    pode ser usado (tem o mesmo resultado so que colorido)

    PS1=’\n[\u] \[33[1;33m\]\w\a\[33[0m\]$(__git_ps1 ” \[33[1;32m\](%s)\[33[0m\]”)\n\$ ‘

    att,

  7. Quando eu abro o terminal ele me diz dá este erro

    bash: /usr/local/rvm/bin/rvm-prompt: Arquivo ou diretório não encontrado

    • também tive o erro bash: /usr/local/rvm/bin/rvm-prompt: Arquivo ou diretório não encontrado

      Eu resolvi fazendo um:

      ln -s $HOME/rvm/binscripts /usr/local/rvm/bin

      abs

      • o link simbólico não funcionou pra mim. não tenho o diretório $HOME/rvm , tenho o ‘.rvm’ e dentro dele não tem binscripts! estranho né?!

  8. belo tutorial, ajudou muito!

  9. o meu terminal quando entro como root da o mesmo erro do colega acima : também tive o erro ” bash: /usr/local/rvm/bin/rvm-prompt: Arquivo ou diretório não encontrado ” Alguem sabe alguma forma de corrigir esse errinho?

  10. Valeu pela dica. Gostaria de recomendar também estas instruções, que estão bem atualizadas:

    http://ryanbigg.com/2010/12/ubuntu-ruby-rvm-rails-and-you/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: